terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Maria Gadú

Sem dúvida alguma, Maria Gadú foi o melhor acontecimento da música popular brasileira no último ano. Chegou de mansinho com o seu "Shimbalaiê" em "Viver a vida" que conquistou muitos fãs. Depois emplacou mais duas músicas na trilha sonora de "Cinquentinhas": "Ne me quitte pas" e "A história de Lilly Braun". Depois em "Cama de gato" com "Linda Rosa", em "Ti-Ti-Ti" com "Rapte-me, Camaleoa" e em "Araguaia" com "Mais que a mim" que foi gravada ao lado de Ana Carolina.


E ultimamente eu estou apaixonado por uma de suas músicas: "Dona Cila". Ela fez essa música pensando na sua falecida avó. Segundo a crítica, essa música é emocionante sem ser piegas. A letra e o link para o clipe no You Tube abaixo. Preste atenção em cada palavra. Eu já chorei ouvindo Dona Cila.




Dona Cila

De todo o amor que eu tenho
Metade foi tu que me deu
Salvando minha alma da vida
Sorrindo e fazendo meu eu

Se queres partir, ir embora
Me olha da onde estiver
Que eu vou te mostrar que eu tô pronta
Me colha madura no pé

Salve, salve essa nega
Que axé ela tem
Te carrego no colo e te dou minha mão
Minha vida depende só do teu encanto
Cila pode ir tranquila
Teu rebanho tá pronto

Teu olho que brilha e não para
Tuas mãos de fazer tudo e até
A vida que chamo de minha
Neguinha, te encontro na fé

Me mostre um caminho agora
Um jeito de estar sem você
O apego não quer ir embora
Diacho, ele tem que querer

Óh, meu Pai do céu
Limpe tudo aí
Vai chegar a rainha precisando dormir
Quando ela chegar
Tu me faz um favor
Dê um banto a ela que ela me benze aonde eu for

O fardo pesado que levas
Deságua na força que tens
Teu lar é no reino divino
Limpinho, cheirando alecrim.

Um comentário:

Thaíse L. disse...

Adoro a Maria Gadú, outra música que eu também adoro é Altar particular. Todas as músicas dela, tem letras maravilhosas.